Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp

Histórias sociais ajudam crianças autistas


O que são histórias sociais?

Histórias sociais são ferramentas que explicam situações sociais para crianças autistas e as ajudam a aprender comportamentos e respostas socialmente apropriados. As histórias sociais foram criadas em 1991 pela professora e autora, Carol Gray, especialista em desenvolvimento de crianças e adolescentes autistas. Porém com a base correta, pode ser desenvolvida por outras pessoas.

Para quem são as histórias sociais?

Histórias sociais foram inicialmente desenvolvidas para uso com crianças autistas. Porém podem ser usadas para apoiar e ajudar todas as crianças, com ou sem atipia. Histórias sociais tendem a serem mais eficazes com crianças verbais.

Para que servem as histórias sociais?

Histórias sociais são usadas para ensinar crianças, principalmentes crianças autistas, sobre o comportamento social esperado em ambientes específicos, como supermercado, consultório médico, pracinha e assim por diante. Uma história social pode ser criada para quase qualquer situação social, inclusive para lidar com sentimentos e emoções.

Além disso, a criança consegue compreender com antecipação como um evento irá ocorrer e a melhor forma de lidar com cada passo, diminuindo sua ansiedade e preocupação.

Como é uma história social?

Pessoas com autisto muitas vezes não entendem ou não percebem sinais sociais como linguagem corporal, expressões faciais, gestos e contato visual. Muitas vezes a criança pode ficar ansiosa e não saber lidar com a situação sem saber o que esperar, por isso a história social possui alguns pontos importantes:

  • Passo a passo detalhado
  • O que esperar em diferentes cenários
  • Quais ações e comportamentes são esperados da criança
  • Visualização e organização de situações e interações

Como aplicar a história social com o meu filho?

Procure uma história que seja adequada para seu filho e a situação que ele está apresentando dificuldade. Leia devagar e junto da criança, mostrando as ilustrações e acompanhando o entendimento.

É importante que a história seja contada logo antes do acontecimento.

Uma vez que a criança entenda a situação social ou aprenda o comportamento e sequência de eventos e o faça sem a orientação dos adultos, a história pode ser lida com menos frequência e gradualmente eliminada. O objetivo da história social é ser uma ferramenta de aprendizado.

As crianças podem vivenciar histórias sociais de diferentes maneiras, dependendo de suas capacidades. Por exemplo, se as crianças ainda não estiverem lendo, você pode ler histórias para elas ou gravar histórias e reproduzir as gravações enquanto as crianças lêem. Por isso também é importante a riqueza visual das imagens e ilustrações.

As histórias sociais da LUMEIDEIAS:

Nós estamos lançando 20 histórias sociais, divididas em duas partes. A primeira parte, com 10 histórias já está no ar e você pode garantir aqui.

Todas as histórias são desenvolvidas e com ilustrações exclusivas e autorais.

Nos siga no instagram e fique por dentro das nossas novidades.

Relacionados